Capitão Astúcia


Nosso longa-metragem acaba de ser premiado pelo Fundo de Apoio à Cultura do DF e a pré-produção está para começar.

Um garoto desiludido consegue emprego como auxiliar de um letreirista de gibis idoso – e isso acontece bem no dia que o homem decidiu se tornar super-herói. A dupla começa uma aventura em que o principal adversário é o ceticismo dos que não acreditam que vale à pena sonhar um sonho impossível.

A aventura acontece em meio a situações burlescas, toscas, nunca encontradas nos tradicionais gibis de super-heróis. Levado pelo humor e a emoção, o espectador cruza a fronteiras entre o real e a fantasia nessa livre adaptação do romance Dom Quixote.

O Capitão Astúcia é uma exaltação à vida. Transformamos o Dom Quixote e o Capitão América em uma criação brasileira, com um quê de tropicália. Teremos referencias pop e ao mundo dos quadrinhos em uma narrativa atual, dinâmica e envolvente.

Saiba mais lendo a apresentação do projeto.

Estágio do Desenvolvimento


Captação de recursos
75%
Produção
0%

Equipe


Tonico Pereira
O Capitão Astúcia
Intérprete de personagens cômicos como Harpagão, em Molière, e o Bobo Feste, de Shakespeare, Tonico transita do cômico popular ao trágico presente em Amado Ribeiro de Nelson Rodrigues. Tem feito sucesso como o malandro Ascânio na novela das 9 da Rede Globo. IMDB.

Érico Cazarré
Produtor Executivo
Produtor executivo em 14 curtas e diretor de fotografia em 19. Parceiro do diretor desde a faculdade, O Capitão será o segundo longa do Érico como produtor executivo.

Lia Renha
Diretora de Arte
Chamou nossa atenção pelo trabalho magistral na série Hoje é dia de Maria. Lia Renha já trabalhou em produções como O Auto da Compadecida, Os Normais e Tv Pirata. IMDB.

Affonso Beato
Diretor de Fotografia
Affonso já trabalhou com Almodovar, Walter Salles, Stephen Frears, é o mais experiente do time e também um dos mais empolgados com o nosso Capitão Astúcia. IMDB.

ADOREI o roteiro! A melhor coisa que leio há muito tempo.

Affonso Beato, ASC.
Diretor de fotografia

Genial! Amei! Tem um lindo e profundo conteúdo, uma estética interessantíssima e também um roteiro com muito vigor.

Lia Renha
Diretora de arte

Comédia dramática existencialista que convida à reflexão sobre qualidade de vida por meio de uma atmosfera leve e sutil.

Avaliador de projetos
FAC/DF